Registros do Programa Pedagogia da Imagem do Museu da Imagem e do Som de Campinas

Visite também nosso website pedagogiadaimagem.sites.uol.com.br


quinta-feira, 25 de junho de 2009

Pedagogia da Imagem vai a São José dos Campos

Em 25 de junho, Juliana Siqueira esteve na Fundhas, em São José dos Campos, para apresentar aos educadores da instituição o programa de formação continuada de professores Pedagogia da Imagem. A participação da Pedagogia da Imagem na atividade de formação dos educadores da Fundhas foi um convite do Prof. Dr. Ismar de Oliveira Soares, através do Núcleo de Comunicação e Educação (NCE) da ECA-USP.

Na primeira parte da dinâmica, com a presença de crianças e adolescentes atendidos na instituição, foi exibido e discutido o curta experimental de Norman McLaren "O conto de uma cadeira". Em seguida, os jovens experimentaram a produção de curtas animações em stop-motion, com uma câmera digital e um computador com um programa básico de edição (Movie Maker).

Na segunda parte da dinâmica, dedicada apenas a professoras, foi discutido o tema "Quem educará os educadores?" Foram abordados os limites e possibilidades da formação continuada de docentes para a incorporação das linguagens e tecnologias da comunicação ao trabalho pedagógico, a partir dos eixos da subjetividade (formação inicial, histórias de vida, hábitos culturais), das condições estruturais (políticas educativas, recursos disponíveis, relações interpessoais e políticas no ambiente escolar e interação escola-comunidade) e das práticas coletivas (de criação de visibilidade e legitimação para os projetos inovadores e de discussão e constituição da identidade profissional a partir da sistematização das práticas e da reflexividade docente).

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Plantando o Saber

Conheça o vídeo roteirizado e dirigido pelo professor Alberto Nasiasene, sobre o projeto Plantando o Saber, desenvolvido na EMEF Violeta Dória Lins em 2008.

video

O vídeo é um média metragem de 25 minutos, produzido em mídia digital.

Sinopse (por Alberto Nasiasene):
No contexto histórico da sociedade brasileira, no início do século XXI, em Campinas, numa escola pública municipal, tenta-se captar, neste documentário, as leituras que os diversos atores da comunidade escolar fazem da temática ambiental presente na agenda mundial.

O documentário aborda a pauta ambiental a partir de um projeto pedagógico envolvendo professores de diversas disciplinas e alunos, em sua prática social interna no período de aulas.

A região em que se localiza a escola encontra-se muito desarborizada, mas, historicamente, fez parte da área com cobertura vegetal de Mata Atlântica antes da colonização desenfreada da região de Campinas a partir do século XVIII.

O projeto local insere-se tanto no esforço de reflorestamento e preservação das espécies arbóreas de Mata Atlântica, quanto como estratégia sócio-pedagógica e política que procura educar as novas gerações para a valorização de nosso patrimônio ecológico tropical atlântico.

Aproveite o vídeo! Disponível no acervo do Museu da Imagem e do Som de Campinas.